terça-feira, junho 13, 2006

    EUA x Rep. Checa

    Esperava com ansiedade o jogo de ontem entre os EUA e a Rep. Checa. Não que nesta fase os jogos sejam muito interessantes, mas porque opunham 2 equipas que para mim estão nos antípodas das preferências.

    Os EUA, os nossos carrascos de 2002, são talvez a Selecção que mais deteste, além de possuirem a eterna vaidade e arrogância típicamente americanas (a começar pelo seu treinador, figurinha detestável), pertencem a um país que sempre privilegiou uma bosta de desporto chamado baseball, que utilizam o nome de football para outra bosta de desporto apenas jogado na América, desporto (??) violento e estúpido, relegando o "soccer" para segundo plano, considerando-o um desporto àparte que apenas se pratica a sério no resto do mundo. Resto do mundo esse, que é, na óptica ignorante-americana, um mundo secundário e longínquo. Hoje em dia o soccer, (porra, vamos chamar-lhe pelo seu nome real, ok?) o football já tem muitos praticantes e adeptos nos EUA, mas nunca será o desporto de eleição daquele país. Por isso não compreendo como é que conseguem pela 5ª vez consecutiva estar numa final deste calibre, e ainda menos compreendo como é que estão em 5º no ranking da FIFA. Talvez em parte, compreenda, afinal a maioria dos selecionados jogam na Europa e são esses jogadores quem a modos que europeizaram e importaram o futebol de hoje nos EUA.

    Do outro lado a minha selecção fétiche: A República Checa que eu aprendi a gostar no EURO 2004, que me faz evocar as grandes selecções de Leste no tempo da Cortina de Ferro,e que foi ingloriamente afastada e da pior forma por uma Grécia que nem sequer se qualificou para este Mundial (ain't life a bitch?) E que lindo teria sido uma final Portugal-Rep. Checa!!

    Milan Baros (agora lesionado), Nedved, Poborsky (por quem ainda muitos de nós suspiram de nostalgia pelas arrancadas mortíferas e que com 34 anos (velho??) ainda mete dois de 17 anos no bolso), o gigante Koller, Petr Cech, Rosicky... 3 magníficos golos, 3 secos, qual deles o melhor e mais belo a culminar uma vitória limpa e mais que justa sobre um esmagado e inferior EUA. Gostei especialmente do trombil do Arena à medida que os checos lhe espetavam mais uma farpa no orgulho :)

    Auguro um grande Mundial para a Rep. Checa, assim os altos poderes do futebol não lhes cortem as pernas quando virem que estão a causar incómodo aos favoritos do costume.

1 Comments:

Blogger dezazucr said...

O Gana tratou de fazer descer um pouco os adeptos da R. Checa de volta à terra. Grande jogo do Gana que tem um meio campo fantástico. Este parece-me a mim o verdadeiro grupo da morte.

11:55 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Cell Phone

Powered by Blogger